Noiva

PUBLICIDADE



De um lado, a noiva de grinalda e véu
E um vestido feito de papel
Sujo como quem está ali
Mas não queria estar

Sapatos nela já não há
Pés descalços, ambos a sangrar
E o noivo continua paciente
Esperando em frente ao altar

Ó Senhor, venha nos despertar
Pois só cabe a nós o encontro apressar
E, como, noiva Te clamamos
Venha nos perdoar
Pois contigo queremos estar

O preço Ele já pagou
A festa preparada foi
Não há mais nada a fazer
Só lhe resta esperar

Até quando ela deixará
O casamento para continuar
Encantada com o que nesse mundo está?

PUBLICIDADE

Esse é o retrato, desse nosso tempo
O momento é chegado e o noivo está atento
Até quando Ele esperara, nós a sua noiva?

De um lado, a noiva de grinalda e véu
E um vestido feito de papel
Sujo como quem está ali
Mas não queria estar

Sapatos nela já não há
Pés descalços, ambos a sangrar
E o noivo continua paciente
Esperando em frente ao altar

Ó Senhor, venha nos despertar
Pois só cabe a nós o encontro apressar
E, como, noiva Te clamamos
Venha nos perdoar
Pois contigo queremos estar

O preço Ele já pagou
A festa preparada foi
Não há mais nada a fazer
Só lhe resta esperar

Até quando ela deixará
O casamento para continuar
Encantada com o que nesse mundo está?

Esse é o retrato, desse nosso tempo
O momento é chegado e o noivo está atento
Até quando Ele esperara, nós a sua noiva?

Noiva – Gabriel Guedes