Quartzo (Letra) – Dalsin

LETRA
Quartzo – Dalsin

Dalsa na porra do bang ó
Quando ver sangue pó parar
Quando eu der no chão é pra pular
E desova lá pra divisa com o Pará

Tracks que valem um carro popular
Aprende a me deixar pra lá
Seleciona metade da cena
Que a outra eu não curto escutar

E eu tô no pique
Quando ela vem é de prima antes do kick
Vou fazer a blaze vender mais jaqueta rosa que a própria Hello Kitty

Dando aula na porra do beat
Eu e o Barack
Com mais requisitos que o USA
Pra sofrer outro ataque

Brilha feito topázio
Fria feito o Ártico
Foda eu me quebro quando usa teu colar de quartzo

Desculpa a falta de pânico
A fita é que eu virei um parâmetro
Sem o dom de escolher o que for melhor
Mas dirijo o que pago com o meu suor

Nosso momento é o melhor
O passado quase ninguém viu
Nova escola devia agradecer
Por entrar pelas portas que Leandro abriu

Dando aula na porra do beat
Eu e o Barack
Com mais requisitos que o USA
Pra sofrer outro ataque

Brilha feito topázio
Fria feito o Ártico
Foda eu me quebro quando usa teu colar de quartzo

Desculpa a falta de pânico
A fita é que eu virei um parâmetro
Sem o dom de escolher o que for melhor
Mas dirijo o que pago com o meu suor

Nosso momento é o melhor
O passado quase ninguém viu
Nova escola devia agradecer
Por entrar pelas portas que Leandro abriu

Lamento avisar
O fracasso vem sem aviso
Pra trás eu não posso olhar amor
Dirijo sem retrovisor

Te ver de look retrô
Tá a par do teu dia de sol enfim
Por que cê me deixa tão solto heim
Por que cê não cola em mim

Brilha feito topázio
Fria feito o Ártico
Foda eu me quebro quando usa teu colar de quartzo

Quartzo – Dalsin