Dá Um Tempo (Letra) – Gali

Letra
Dá Um Tempo – Gali

Pisando fofo os menino flutua
Pilaco à margem da loucura , uivando pra lua
Sei que ainda há tempo de mudar essa zorra
Eu nasci pra ser eu e respirar melodia
Dança pra mim baby, que eu quero só voce hoje
Danca pra mim baby, que quero só você hoje
Dança pra mim baby que eu quero só você hoje
“Cê” ainda nem foi, to sentindo sua falta já
No calor do momento me restou fazer poesia

Mas pera ai calma la e da um tempo
E da um tempo e da um tempo

Na ladeira a subida é foda, mas imagina que vista la em cima
A cidade que sobrevive e quem dirige o bonde dos loco ?
Sufoco na busca de um troco, tira a corda do pescoço, pouco tempo pra faze acontecer
Então me diz qual que vai ser se só depende de você
E “cê” sabe bem que o bonde não recua, eu cuido da minha e “cê” cuida da sua
Fuga de babel legalizar , sair pra clarear
As ideia que mata, rotina cigarro carro pedestre calçada e eu com quase nada
Dúvidas dívidas vidas perdidas iludidas judas
Mas pera aí, calma lá e dá um tempo
E da um tempo e da um tempo
Pera ai calma la e da um tempo
E da um tempo
Só mesmo esses versos feito na hora, eu vi, quis vivenciei venci, então tamo aí
Manda elas cola…
Avisa que vai ser rap até umas hora

Danca pra mim baby, que quero só você hoje
Dança pra mim baby que eu quero só você hoje
“Cê” ainda nem foi, to sentindo sua falta já
No calor do momento me restou fazer poesia
Sei que ainda há tempo de mudar essa zorra
Eu nasci pra ser eu e respirar melodia
Dança pra mim baby, que eu quero só voce hoje
Danca pra mim baby, que quero só você hoje
Dança pra mim baby que eu quero só você hoje
“Cê” ainda nem foi, to sentindo sua falta já
No calor do momento me restou fazer poesia
Sei que ainda há tempo de mudar essa zorra
Eu nasci pra ser eu e respirar melodia
Dança pra mim baby, que eu quero só voce hoje